Câmara Municipal de Beja

Museu Jorge Vieira - Casa das Artes


Logotipo Museu Jorge Vieira

 

Museu Jorge Vieira  Museu Jorge Vieira  

 

O Museu Jorge Vieira integra parte do espólio artístico que o escultor Jorge Vieira doou à Câmara Municipal de Beja em 1994. Instalado, desde Maio de1995, num edifício do centro histórico da cidade, antiga casa de habitação e, imediatamente antes da sua adaptação a espaço museológico, estabelecimento comercial na área da restauração, o Museu alberga um importante conjunto de esculturas, maquetas e desenhos da autoria de Jorge Vieira, artista plástico que marcou o percurso da arte portuguesa ao longo do século XX.


Jorge Ricardo da Conceição Vieira nasceu em Lisboa, a16 de Novembro de1922. Entre 1944 e 1953 frequentou a Escola de Belas-Artes de Lisboa, onde começou por se matricular em arquitetura transitando depois para escultura. Foi aluno de Simões de Almeida e Leopoldo de Almeida e trabalhou nos ateliers de António Duarte, Francisco Franco e António Rocha. Participou em diversas tertúlias artísticas da época, juntamente com inúmeros vultos da cultura portuguesa, como Sena da Silva, Lagoa Henriques, Dias Coelho, João Abel Manta, entre outros. Em 1953 concorre ao Concurso Internacional de Escultura O Prisioneiro Político Desconhecido, promovido pelo Institute of Contemporary Arts, de Londres.


Entre mais de 2500 concorrentes, representando 54 países, foi o único português selecionado, expondo o seu trabalho, juntamente com os outros premiados, na Tate Gallery. Em 1954 instala-se em Londres para frequentar a Slade School of Fine Arts, trabalhando sob a orientação de Henry Moore, F. E. Mc’William e RegButler. Regressa a Portugal em 1956, onde retoma a sua atividade docente, participando, desde essa data, em inúmeras exposições coletivas e individuais, em Portugal e no estrangeiro, ganhando diversos prémios.


Tem obras suas em diversas cidades e coleções do país. A sua ligação a Beja fortalece-se em 1994, quando é inaugurado, numa rotunda acesso à cidade, o seu Monumento ao Prisioneiro Político Desconhecido, uma iniciativa do Município da cidade. É a partir do estreitar desta relação que o escultor decide doar parte do seu espólio à cidade de Beja. Jorge Vieira faleceu em Estremoz, em 1998. A colecção permanente pode ser visitada no primeiro piso do Museu. A receção, sala de exposições temporárias e sala de ateliês encontram-se no piso 0.


Contactos:

Museu Jorge Vieira/Casa das Artes

Rua do Touro, 33

7800-489 Beja

Telefone: 284 311 920


Horário:

De 3ªfeira a domingo das 09h30 às 12h30 e das 14h às 18h

Encerra à 2ªfeira, 1/01, 1/05 e 25/12

Preços: Gratuito


Não acessível a visitantes com mobilidade reduzida