Câmara Municipal de Beja

Recolha Seletiva


Cada resíduo no seu lugar

 

Para cada tipo de resíduos o Município de Beja tem vários contentores instalados em todo o concelho. Para além disso, a Resialentejo fornece um conjunto de soluções para os vários tipos de resíduos produzidos em casa ou nos vários estabelecimentos locais.
O encaminhamento correto dos resíduos permite aproveitar os materiais para o fabrico de novos produtos, diminuindo o uso de recursos naturais (muitos dos quais não renováveis). Além disso, fabricar novos produtos a partir de materiais usados consome menos energia do que a partir de matérias virgens.

 

O que é um ecoponto?

Um ecoponto é um conjunto de contentores destinados a receber separadamente diversos materiais, como papel, vidro e embalagens de plástico e metal. Para facilitar a separação apresentam cores diferentes, de acordo com o tipo de material: azul (papel), verde (vidro) e amarelo (embalagens de plástico e metal). Junto a estes contentores ou integrados nos mesmos pode encontrar-se um destinado à recolha de pilhas, o pilhão, de cor vermelha.

Embora a recolha seletiva seja da responsabilidade da Resialentejo, depende do contributo de todos nós. Este processo só tem sucesso se houver colaboração dos munícipes, podendo resultar na melhoria da qualidade de vida e no incentivo ao desenvolvimento sustentável da região.

A maioria dos resíduos que produzimos é reaproveitável através da reciclagem. Para isso, basta separá-los do restante lixo doméstico para serem depois depositados nos Ecopontos. Para facilitar a colocação correta dos materiais nos diferentes contentores do Ecoponto, eles estão divididos por três cores, associadas aos diferentes tipos de material.

 

Como separar?

Embalao

Papelao

Vidrão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Embalão (amarelo) – Embalagens de plástico e metal

 

Posso colocar:

- Latas, aerossóis, conservas, tabuleiros de alumínio e outras embalagens de metal;
- Embalagens de sumos e leite; garrafas de óleo e de azeite;
- Garrafas, frascos, caixas de plástico, sacos de plástico e esferovite limpa.

 

Não posso colocar:

- Embalagens de plástico que tenham contido gorduras (manteiga, margarina) ou produtos tóxicos e perigosos;
- Talheres e panelas;
- Ferramentas;
- Eletrodomésticos;
- Pilhas e baterias.

 

Sugestão:

Espalme, sempre que possível, todas as embalagens a depositar no embalão. Assim, ocupam menos espaço em sua casa e evita que o ecoponto se encha rapidamente.
Escorra bem as embalagens para evitar a contaminação dos restantes materiais.

 

Papelão (azul) – embalagens de papel e cartão

 

Posso colocar:

- Embalagens de cartão (caixas de cereais; bolachas, etc.);
- Sacos de papel
- Papel de embrulho
- Jornais e revistas
- Papel de escrita

 

Não posso colocar:

- Embalagens e papéis de produtos orgânicos ou gorduras (guardanapos, lenços, toalhetes, fraldas, pacotes de batata frita e aperitivos);
- Papéis metalizados ou plastificados;
- Autocolantes e fotografias;
- Embalagens de produtos tóxicos e perigosos (que tenham contido cimento, alcatrão e outros).

 

Sugestão:

Espalme todas as caixas e embalagens de cartão a depositar no papelão, o que aumenta a capacidade de armazenamento e facilita o transporte até ao ecoponto.
Não amachuque as folhas de papel, pois prejudica o processo de reciclagem.

 

Vidrão (verde) – embalagens de vidro

 

Posso colocar:

- Garrafas, frascos, boiões e garrafões de vidro.

 

Não posso colocar:

- Loiças e cerâmicas (pratos, copos, chávenas, jarras);
- Vidros especiais (cristal, pirex, espelhos, janelas, lâmpadas, frascos de perfumes, vidros de automóveis);
- Vidro farmacêutico e de hospital;
- Tampas e rolhas das embalagens de vidro;
- Material de construção civil.

 

Sugestão:

Retire as tampas/rolhas das garrafas de vidro, pois como são constituídas normalmente por diferentes materiais podem prejudicar o processo de reciclagem.
Esvazie e lave as garrafas antes de as depositar no vidrão, isso permite eliminar possíveis maus cheiros durante o seu armazenamento em casa e contaminar os restantes materiais.

 

 

Onde colocar?

Pilhao

 

… as pilhas usadas?

As pilhas usadas podem ser colocadas no pilhão existentes em muitos dos ecopontos distribuídos pelo concelho. Em alternativa, pode entregar no ecocentro, localizado no parque industrial de Beja, na Divisão de Serviços Urbanos, sita na Rua de Angola, em Beja, e em muitos estabelecimentos comerciais onde se efectua a venda de pilhas.

 

equipamentos elétricos e eletrónicos?

Os resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos (REEE) podem ser entregues no ecocentro, localizado no Parque Industrial de Beja, ou ser solicitada a sua recolha à Junta de Freguesia respectiva.
Salienta-se que, de acordo com a Legislação em vigor, os Distribuidores (Grossistas ou Retalhistas) são responsáveis por assegurar gratuitamente a recolha de REEE, na compra de um equipamento elétrico e eletrónico novo que desempenhe as mesmas funções do velho.

 

 

No caso dos REEE de pequena dimensão, poderá depositá-los num Depositrão ou num Ponto Electrão disponíveis nas grandes superfícies comerciais, em escolas ou nos locais instalados pela autarquia:

. Mercado Municipal de Beja
. Balcão de Atendimento do Município de Beja, Rua de Angola, Beja
. Casa da Cultura
. Centro Social do Lidador
. Sede das Juntas de Freguesia de Beja, Largo de Santa Maria, Beja
. Sede da Junta de Freguesia de Beringel

 

Em alternativa, pode entregar no ecocentro sito no Parque Industrial, a título gratuito.

 

oleao

o óleo alimentar usado?

O óleo alimentar usado deve ser colocado numa garrafa bem fechada e depositado num dos oleões da Resialentejo existentes em Beja.

 

… as lâmpadas?

Caso sejam lâmpadas fluorescentes, tubulares ou compactas, podem ser entregues no ecocentro, localizado no Parque industrial de Beja. Se forem lâmpadas incandescentes podem ser depositadas no contentor de lixo normal.

 

… os medicamentos fora de uso  e/ou embalagens vazias?

Por razões de saúde pública, estes resíduos não devem ser colocados no lixo. Os medicamentos fora de prazo e as suas embalagens vazias devem ser entregues nas farmácias, que os enviarão para a Valormed, entidade responsável pela gestão destes resíduos.

 

… os pneus usados?

Os pneus usados podem ser entregues no ponto de recolha da Valorpneu existente no Parque Ambiental da AMALGA, sem qualquer encargo para o seu produtor.


roupa

 

… roupas, calçado e brinquedos que deixam de servir?

As roupas, calçado e brinquedos fora de uso ainda em bom estado podem ser entregues em muitas instituições de solidariedade social e na Loja Social existente no Mercado. Em alternativa, a autarquia tem 11 contentores na via pública para a deposição destes materiais, cujo destino serão instituições de solidariedade social ou a reciclagem (nos casos em que os materiais já não se encontram em bom estado de utilização).

 

… o óleo usado do motor do carro?

Caso se trate de um particular, o óleo usado da sua viatura poderá ser depositado no oleão existente À entrada do Parque de Materiais Municipal ou entregue no ecocentro, sito no Parque Industrial de Beja.

 

… as rolhas de cortiça?

As rolhas de cortiça usadas podem ser entregues no Hipermercado Continente ou nas escolas aderentes.

 

GreenCork

 

O GREEN CORK é um Programa de Reciclagem de Rolhas de Cortiça desenvolvido pela Quercus, em parceria com a Corticeira Amorim, o Continente e a Biological. O objetivo deste projeto é não só a transformação das rolhas usadas noutros produtos, mas, também, com o seu esforço de reciclagem, permitir o financiamento de parte do Programa “Floresta Comum”, que utilizará exclusivamente árvores que constituem a nossa floresta autóctone, entre os quais o Sobreiro, Quercus suber.

O projeto foi construído tendo por base a utilização de circuitos de distribuição já existentes, o que permite obter um sistema de recolha sem custos adicionais, que possibilita que todas as verbas sejam destinadas à plantação de árvores. Tudo isto sem aumentar as emissões de CO2!
As rolhas de cortiça recicladas nunca são utilizadas para produzir novas rolhas, mas têm muitas outras aplicações, que vão desde a indústria automóvel, à construção civil ou aeroespacial.

 

 

 

O que é um ecocentro?

O Ecocentro é um local com depósitos de grandes dimensões, que se destinam a receber separadamente os diferentes materiais dos grandes produtores, para posterior encaminhamento para tratamento e reciclagem. Localiza-se no Parque Industrial de Beja e é explorado pela Resialentejo.

 

Os materiais podem ser entregues no Ecocentro por empresas, instituições, serviços ou cidadãos. No Ecocentro os resíduos são apenas acondicionados em contentores abertos devidamente identificados para cada fluxo de resíduos. Posteriormente, são encaminhados, de acordo com o tipo de resíduos, para o aterro sanitário ou para a estação de triagem, para serem enviados para reciclagem.

O que posso lá entregar?

No ecocentro pode entregar, a título gratuito:

. papel/cartão,

. metais ferrosos,

. resíduos de Equipamento elétrico e eletrónico (frigoríficos, máquinas de lavar, computadores, …),

. óleos alimentares usados,

. óleos usados (pequenas quantidades)

. e lâmpadas fluorescentes.

Pode igualmente entregar sofás, móveis, resíduos verdes e outros monstros domésticos. No entanto estes resíduos estão sujeitos ao pagamento de tarifa, pois destinam-se a aterro.

 

 

Horário de Funcionamento:

De segunda-feira a sexta-feira das 7h00 às 13h00 e aos sábados das 8h00 às 13h00.

 

Localização:

O ecocentro é da responsabilidade da Resialentejo. Funciona no Parque Industrial de Beja.

 

Contactos:

Resialentejo, EIM

Herdade do Montinho, Apartado 6272 Santa Clara do Louredo 7800-903 Beja

Telefone 284 311 220

Fax 284 311 221

geral@resialentejo.pt