Câmara Municipal de Beja

Sistema Municipal de Informação Geográfica


Este projeto iniciou-se ao abrigo de operação financiada do Eixo 1 do Inalentejo, cuja primeira fase de implementação, em contexto interno, decorreu entre Fevereiro de 2011 e Março de 2013, visando o desenvolvimento de um modelo integrado transversal aos diferentes domínios da Gestão Municipal: Ordenamento do Território e Urbanismo, Rede Viária e Estacionamentos, Áreas Empresariais, Serviços Urbanos e Zonas Verdes, Equipamentos Públicos, Património, Turismo e Proteção Civil, tendo por suporte mais informação georreferenciada, imprescindível à gestão e  realização destas atividades, com destaque para a cobertura cartográfica do Concelho, a centralizar numa única base de dados espacial.

 

Pretende-se que o SMIG se apresente como um sistema completo e fiável, permitindo a sua interoperabilidade com os restantes Sistemas de Informação implementados no Município, contribuindo para a melhoria de processos e eficiência interna ao nível dos procedimentos, a par da criação de novos conteúdos, conduzindo a uma maior transversalidade entre os diversos sectores dos serviços, isto é, para potenciar a partilha da informação e sua atualização, com consequente ganho efetivo na qualidade dos serviços prestados. 

 

Estrategicamente, procurou-se estruturar um projeto abrangente, que contemplou a aquisição de equipamento informático e software especializado, a recolha e estruturação de dados, envolvendo os utilizadores para participação na construção de conteúdos. Esta foi a base para o desenvolvimento de ferramentas específicas, que funcionam em ambiente browser, intranet e internet, através de visualizadores de mapas, com interfaces amigáveis, que conjugam a representação gráfica do território, estruturada por temas com os seus atributos associados. Estas ferramentas possibilitam inquirir, interpretar e visualizar os dados de muitas formas, revelando relações, padrões e tendências espaciais, consubstanciadas em mapas, relatórios e/ou gráficos. 

 

Prevê-se para breve a sua disponibilização para  o exterior, através do Portal do Município, com carácter de divulgação e partilha de informação, em temas genéricos, perspetivando-se também a oferta de serviços orientados ao Munícipe e às suas necessidades, pela ligação aos serviços online, para maior proximidade ao Munícipe.

 

 

Rede de Apoio Topográfico

RATIndo ao encontro da legislação em vigor, nomeadamente do Regime Jurídico da Urbanização e Edificação – RJUE, que já define regras de apresentação em formatos digital, considera-se importante a entrega de informação georreferenciada em sistema comum. Neste sentido, o Município disponibiliza uma Rede de Apoio Topográfico Local, possibilitando o acesso gratuito às fichas individuais de cada ponto.

 

A implementação desta rede foi materializada por uma equipa especializada da Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva, S.A. - EDIA, com o objetivo de fornecer coordenadas precisas e fiáveis, para a produção de informação cartográfica e topográfica consistente em todo o concelho, a utilizar por todos os técnicos da área, nos mais diferentes projetos, públicos ou privados.

Aceder ao mapa

 

Caraterísticas da Rede
 

  • Número de vértices – 218

Os vértices, identificadas por código sequencial, foram materializados no terreno com recurso a marcas de topografia metálicas e pregos de aço, ou por marcas de bronze sobre marcos de betão, implantadas nos vinte núcleos urbanos do Concelho de Beja e apoiados na Rede Geodésica Nacional.

  • Sistema de coordenadas - ETRS 89/PT-TM 06 (Datum - ETRS89, Elipsóide - GRS80, Projeção cartográfica - Transversa de Mercator)

 

 

Para qualquer esclarecimento contactar Serviço de Ordenamento e Informação Geográfica - SOIG da Divisão de Administração Urbanística – DAU através do e-mail: smig@cm-beja.pt.